Porque Cristo ora por você?
Nosso Deus totalmente compassivo que nos cura
julho 24, 2023
Deus deseja que todos orem
julho 28, 2023

Porque Cristo ora por você?

Nota do editor: Este é o décimo primeiro de 15 capítulos da série da revista Tabletalk: Conflito na igreja.

O que significa para você que Cristo ora por você?

Na noite antes de Jesus ser traído e ir para a cruz para sofrer e morrer pelos pecados de Seu povo, Ele ministrou ao coração de Seus discípulos. Ele fez uma refeição final com Seus discípulos, onde os ensinou e os preparou para tudo o que estava por vir (Jo 13 – 16). Ele então fez uma oração por eles e por todos os que viriam depois deles (Jo 17).

Jesus então avisou que todos eles iriam se espalhar e deixá-lo. Pedro — o discípulo que sempre falava cedo demais, aquele que se precipitava sem pensar — afirmou que nunca o faria: “Ainda que todos se escandalizem, eu, jamais” (Mc 14:29). Jesus gentilmente expressou a Pedro: “Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo! Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça” (Lc 22:31-32). Em seguida, Ele declarou que Pedro o negaria três vezes.

Satanás não pode tocar nos filhos de Deus a menos que receba permissão para fazê-lo (Jó 1). Satanás exigiu que Deus lhe desse os discípulos, incluído Pedro. Ele desejava abalar tanto a fé deles que eles se afastariam completamente. Queria que eles rejeitassem a Cristo.

Porém Cristo. Essa pequena palavra “porém” é tão importante. “Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça.” Para Deus, falar e fazer é o mesmo. Deus criou o mundo com apenas uma palavra; aqui, Jesus protegeu Pedro do ataque do maligno com Sua oração.

Em João 17, lemos um pouco dessa oração: “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal.” (v. 15) Pedro passou a negar conhecer a Cristo três vezes. Mas porque Cristo havia orado por ele, a fé de Pedro permaneceu intacta. De fato, Lucas nos conta o que aconteceu depois da terceira negação de Pedro:

Então, voltando-se o Senhor, fixou os olhos em Pedro, e Pedro se lembrou da palavra do Senhor, como lhe dissera: Hoje, três vezes me negarás, antes de cantar o galo. Então, Pedro, saindo dali, chorou amargamente (Lc 22:61-62).

Pedro lamentou o que havia feito.

Satanás vive para nos condenar. Ele quer peneirar o povo de Deus, sacudir sua fé, virar seu mundo de cabeça para baixo para que se afastem de Cristo. “Eu, porém, roguei por ti.” Inclusive agora, Cristo vive para interceder por nós. Como Paulo escreveu: “Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós” (Rm 8:34). O mesmo Senhor que ouviu a negação de Pedro e o olhou nos olhos conhece nossas próprias fraquezas. Ele conhece nossas tentações. Ele conhece nossas falhas. “Eu, porém, roguei por ti.” Portanto, nada pode nos separar dEle (vv. 38-39). Alegre-se, porque Cristo ora por você.


Este artigo foi publicado originalmente na Tabletalk Magazine.

Christina R. Fox
Christina R. Fox
Christina R. Fox é editora de conteúdo do blog do ministério feminino da PCA (enCourage) e coordenadora do ministério de mulheres na East Cobb Presbyterian Church em Marietta. Ela é autora de vários livros, entre eles A Holy Fear [Um santo temor] e Like Our Father [Como nosso Pai]. Ela também posta textos em seu blog ChristinaFox.com.